Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que...

Coisas que...

30
Dez17

[Pondero] Revendo 2017

Carla B.

 

Até os melhores planos vão por água abaixo. Eu tentei, a sério que tentei responder e agendar tudo de uma vez, mas coisas foram acontecendo e o resultado foi nada. Mas não vale a pena estar a lamentar-me por isso, é algo que não interessa e a que posso sempre tentar voltar.

 

Agora a minha ideia era fazer um balanço deste ano. Sinto que é algo terapêutico, olhar para trás e fazer uma (ainda que breve) avaliação. O objectivo para este ano era continuar e sim, continuei mas a coisa nem sempre foi fácil. Já o desejo, não sei se consegui estar sempre e muito menos cuidar de mim.

 

Para começar, eu sei que tenho o problema de fixar-me no que de mal acontece e eu sei que isso não é bom, pelo que foi difícil ultrapassar perdas, as (muitas) dúvidas, e sobretudo o sentimento de impotência perante todas as injustiças que vejo. Voltou, como há muito não sentia, a vontade de desistir porque estou cansada de tudo o que me rodeia. Mas fiquemo-nos por aqui e passemos agora as coisas boas!

 

  • Conheci a Lídia Jorge;
  • Consegui que a Inbox estivesse a zero, e assim a tenho conseguido manter;
  • Mudei radicalmente o corte de cabelo, andei com ele bem mais curto do que o costume e pintei-o de cor-de-rosa, ainda que mais para meio do ano tenha vindo a apostar num tom mais violeta que não choca tanto com o castanho natural;
  • Participei, com relativo sucesso, em desafiosmaratonas literárias, e mesmo num desafio promovido por meninas aqui do charco;
  • Fui a um museu sozinha e visitei as reservas de outros, para além de ter andado a passear com a família;
  • Já tenho, pelo menos, uma pós-graduação;
  • Descobri novas coisas para ouvir, ouvi fado ao vivo, bem como a orquestra do São Carlos, ainda por cima a tocar músicas da Disney e do Andrew Lloyd Webber;
  • Li bem mais do que estava à espera, sendo que comecei com o objectivo de ler 12 livros, e foram na sua maioria boas leituras.

 

Enfim, até houve bons momentos. Para 2018 é isso que quero, fixar-me no bom.

08
Jan17

[Pondero] Revendo 2016

Carla B.
 

Uma foto publicada por Carla B. (@whitelady3) em

 

Não era minha intenção aqui voltar, mas não estava a conseguir concentrar-me sem colocar por escrito o que vai na minha cabeça desde o fim de 2016. Deve ser força do hábito. Era costume, quando andava mais ativa pela blogosfera (ou pela internet, diga-se), fazer um balanço do ano que passava e tentar olhar para o ano que chegava e ver o que me poderia reservar. Ora, sempre constatei que se fazia resoluções, não as cumpria, se tentava adivinhar o que vinha, trazia sempre coisas diferentes.

 

Ora 2016 não foi diferente nesse aspeto. Felizmente, não foi dos piores anos para mim, e depois do que presenciei em 2015 bem era preciso uma pausa. Ainda assim, trouxe algumas tristezas a pessoas de quem gosto, mas trouxe sobretudo desafios a outras, a quem espero (e desejo com toda a força) que tudo corra bem e sempre pelo melhor.

 

2016 também me trouxe desafios. Por um lado estive envolvida num dos projetos que mais gozo me deu nos últimos tempos, ainda que também trouxesse algumas dores de cabeça; por outro, deu um forte empurrão para o que viria a seguir. Na verdade, foram sucedendo sucessivos empurrões e pronto, lá me rendi e avancei para um mestrado. Já tinha ponderado por outras vezes, sobretudo depois de acabar a licenciatura e começar a trabalhar, voltar aos estudos mas a coisa foi esmorecendo com o tempo. Tenho vindo a aprender tanto fora de uma sala de aula que entretanto comecei a temer voltar para uma, no entanto, gosto tanto daquilo que faço e pretendo continuar a fazê-lo (espero que por muitos e longos anos), que depois de algumas indecisões, algumas conversas, algumas sondagens, achei que seia desta.

 

Conclusão? Estou a adorar! Adoro o tema, gosto das aulas, dos meus colegas, dos trabalhos que tenho feito… É verdade que há dias em que é díficil conjugar tudo, trabalho, família e amigos, hobbies (o que infelizmente levou ao adeus do Só Ler Não Basta - último vídeo aqui), mas está a ser uma experiência enriquecedora. Sim, o que tenho aprendido no meu dia-a-dia e em contexto de trabalho é importante, mas faltava-me tanto a parte teórica, o perceber porque é que as coisas são feitas deste modo, o olhar de forma crítica, conhecer outras experiências… É tudo tão enriquecedor que dou por mim a gostar ainda mais do que faço e a querer ser sempre melhor e saber cada vez mais.

 

Mutts_2016-2017

Imagem daqui.

 

Assim, para este ano só tenho um objetivo, continuar. Continuar a aprender, aprender sempre e com toda a gente, com todas as experiências com que me deparo. E como desejo, só desejo ser mais presente e melhor para os que me rodeiam. E desejo cuidar de mim, que isto de andar a correr de um lado para o outro é extasiante mas esgota e tenho que me lembrar de parar, descansar e tirar a cabeça de um mundo, porque mudança de ares (e de tipo de leitura) faz sempre bem.

 

E agora perdoem-me mas tenho que voltar ao estudo que o semestre está a chegar ao fim.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D