Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Coisas que...

Coisas que...

30
Jul17

[Vi] "Dunkirk"

Carla B.

dunkirk-poster.jpg

Visto aqui.

 

Costumo dizer que se há uma coisa em que os filmes ganham à vida real, é no facto de terem banda sonora. Bem, o Christopher Nolan mostrou-me como posso estar algo errada. Em "Dunkirk" a banda sonora sobrepõe-se de tal forma à acção e à representação que fiquei a ansiar pelo silêncio.

"Dunkirk" como filme de guerra é bastante bom, chega bem perto da parte inicial de "O Resgate do Soldado Ryan", que para mim é das melhores sequências de um filme de guerra, nomeadamente de um que mostra um episódio da 2.ª Guerra Mundial. As 3 linhas narrativas também me pareceram bem conseguidas, a mostrarem-nos a tensão na praia/pontão, constantemente em busca de uma forma de sobreviver enquanto se (des)espera pela evacuação; no mar, com uma série de pequenos barcos (e seus donos) a irem em auxílio das tropas cercadas em Dunquerque; e no ar, com pilotos a tentarem defraudar os ataques aéreos alemães.

Surpreendeu-me o filme não ter um herói, um protagonista definido, e contar com boas interpretações de praticamente todo o elenco, bastantes dos actores desconhecidos para mim. É certo que há algumas personagens que têm maior foco que outros, mas no geral as actuações são bastante conseguidas, levando a investir-mo-nos no futuro destas personagens. No entanto, começa também a ser demais ver constantemente os mesmos actores em papéis em tudo semelhantes, como o James D'Arcy, pelo que estava constantemente a lembrar-me do filme "Tempo de Heróis", que também vi recentemente (tem o Sean Bean, adivinhem o que lhe acontece...).

O senão foi mesmo a banda sonora. Esta segue surfe constantemente em crescendo e intromete-se de tal forma que distrai. Além disso tenta manipular as emoções quando não me parece ser necessário. Pareceu-me que o silêncio, nomeadamente na iminência dos ataques aéreos alemães, ou o som próprio da guerra, seriam suficientes para imergir o espectador no filme, sendo que a banda sonora relembra constantemente que estamos a ver um filme.

Também me pareceu um pouco longo, sobretudo a meio, sendo que por diversas vezes a minha mente andava distraída do filme.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D