Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que...

[Desafiam] 52 semanas - #28 Minhas maiores "neuras" e manias são...

por Carla B., em 28.02.16

Isto vai ser giro...

 

Planeamento e organização

 

Sim, eu não era uma pessoa organizada nem fazia planos, mas depois comecei a trabalhar e veio o stress. Agora sou quase pró nisto e tenho um sistema e tudo! Ando sempre com um caderninho e um calendário atrás (os meus melhores amigos), tento organizar a minha semana e os meus dias, com diversas tarefas para tentar dar atenção a tudo e mais alguma coisa, e até vai tendo alguma manobra para volta e meia espairecer um pouco. O pior é que o sistema, por muito bom que seja e me ajude a manter organizada e por isso tranquila, ainda assim não consegue fazer com que os outros (todos aqueles com quem tenho de trabalhar) façam a parte deles. Mas ao menos posso esfregar na cara que a culpa é deles porque numa reunião do dia tal disseram isto e que faziam aquilo. Pensem duas vezes antes de me lixar o plano de trabalho.

 

Pausa às 16h00

 

Eu não sei se isto se pode qualificar como neura ou mania, mas às 16h00 torno-me inepta. Deixo de saber fazer contas, falar ou raciocinar. Digo mais coisas estúpidas do que é costume, enfim... é a hora de parar, ir apanhar ar, comer qualquer coisa, mexericar um pouco. 30 minutos depois e já pareço um ser eficiente outra vez.

 

Ler a primeira frase e logo depois a última do livro que começo a ler

 

Não perguntem porquê mas acho que é para ver se acaba numa nota tão forte ou interessante. Mas é só mesmo a última frase, que geralmente pouco ou nada revela do resto da história.

 

Revirar os olhos

 

A sério, é uma reacção inata a estupidez a que tenho o (des)prazer de assistir.

 

Cantar quando oiço algumas palavras ou em algumas situações

 

Por exemplo, não consigo deixar de cantar a célebre música de Natércia Barreto quando oiço "óculos de sol".

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - # 20 Sequela que nunca devia ter sido impressa

por Carla B., em 26.02.16

Eis uma boa pergunta para a qual não sei se tenho resposta. Primeiro porque muitas das séries que leio acabam por ter volumes independentes entre si, em que personagens secundárias em alguns livros acabam por ser as principais noutro, como acontece com muito romance que anda por aí. Também se dá o caso de me ficar pelo primeiro livro (se é que chego a acabá-lo). No entanto, houve uma série cujo primeiro livro me fascinou mas os outros deixaram algo a desejar...

Depois de um primeiro livro que me deixou maravilhada por descobrir um novo mundo e com personagens fascinantes, estes dois deixaram-me decepcionada.

 

Imagens retiradas do Goodreads.

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - # 19 Colecção (saga) favorita

por Carla B., em 25.02.16

Se por esta altura não conseguem adivinhar, não têm prestado atenção a este desafio aqui por estes lados. Está claro que não podia deixar de ser...

Como se houvesse outra resposta possível. Sim, eu sei que há Senhor dos Anéis, Guerra dos Tronos, sei lá que mais, mas esta série acompanhou-me durante tantos anos, mudou-me de tantas formas que terá sempre um lugar especial.

 

Imagem retirada do Goodreads.

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - # 18 Livro do qual nunca te irás separar

por Carla B., em 24.02.16

Ao contrário de outras bibliófilas, não posso dizer que sou apegada aos livros. Empresto-os com muito gosto, apesar de realmente ficar com um apertozinho no coração, volta e meia, com algum receio que não voltem. Felizmente isso não acontece muitas vezes, mas nunca fiando... Posto isto, um livro de que não penso me separar, de tal forma que compro todas as edições e mais algumas é...

Tenho três edições em português e duas em inglês, sendo que uma delas é em e-book e a outra é ilustrada. As edições portuguesas têm todas traduções diferentes e uma das inglesas é ilustrada. Além disso, com três das cinco edições referidas, estava eu muito bem, sossegadinha a passear pela livraria, quando me deparo com o livro e, porque é perfeitamente normal querer fazer festinhas a um livro de cuja história se gosta, vou para o folhear e abro o livro... exactamente na página com a carta mai'linda de todó sempre! E na versão ilustrada até abri o livro no sítio da ilustração dessa cena... com a carta ao lado!!! Não dá para resistir! Assim, posso emprestar o livro sempre descansada, porque sei que pelo menos uma edição andará cá por casa...

 

Imagem retirada do Goodreads.

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - # 17 Livro mais caro da tua estante

por Carla B., em 23.02.16

Muito sinceramente, não faço a mais pequena ideia. Diria que talvez um dos livros de História, que acabo por tentar adquirir em Feiras do Livro. No entanto, olhando para a minha ficção e fazendo uma pequena pesquisa, parece que o mais caro pode ser...

Equador Ilustrado de Miguel Sousa Tavares, seguido de Anna Karenina do Tolstoi. O primeiro foi oferecido mas parece rondar os 35€ e o segundo foi comprado por mim e custou também à volta de 30€. Mais que isso só mesmo por livros de não-ficção que precise mesmo de ter ou, de outro modo, prefiro utilizar uma biblioteca.

 

Imagem retirada do Goodreads.

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - # 16 Livro que marcou a infância

por Carla B., em 22.02.16

Lembro-me de a minha mãe ler várias histórias. Os livros tinham bonecos (ainda hoje prefiro livros com ilustrações) e com base neles escolhia os livros para a minha mãe ler, para ver se batia certo com o que eu imaginava que a história contava. No entanto, o primeiro livro de que me recordo bem e que de certa forma marcou foi...

 Sissi vai à pesca foi o primeiro livro que me lembro de ter comprado. Claro que não foi com o meu dinheiro mas os meus pais levaram-me a mim e ao meu irmão pela primeira vez, se não estou em erro, à Feira do Livro e deixaram-nos escolher um livro para cada um. Eu tinha visto os filmes da Sissi com a Romy Schneider e por isso o nome chamou-me a atenção. Sei que o li e reli várias vezes mas hoje em dia não sei onde pára o livro, deve ter ficado para trás numa das mudanças de casa, nem me lembro da história, no entanto é uma memória que guardo com carinho.

 

Imagem retirada de Coisas.com.

[Pondero] De momento #28

por Carla B., em 21.02.16

Hoje foi dia de visitas. #lusitaniaromana #exhibition #romanarchaeology #archaeology #project365 #day46 #picoftheday

A ler // Comecei a ler Crossed: a tale of the Fourth Crusade de Nicole Galland. Já estive para mandar o livro à parede mas achei melhor dar-lhe uma oportunidade.

 

A ver // Oh meu Deus! "Deadpool" é tão bom! É de rir, chorar (ok, talvez seja mais um ficar tristinho por uns momentos) e chorar a rir.

 

A ouvir // Acho que os Deolinda podiam fazer a banda sonora da minha vida. Para além de algumas das suas músicas me chegarem aos ouvidos precisamente no momento em que parecem retratar a minha vida, ainda se põem a cantar o que foi o meu verão o ano passado (praticamente inexistente e a estender "o corpo no museu") e o vídeo foi gravado num museu por onde já passei. 

 

A bloggar // Continuo a dar a conhecer "uma paixão chamada livros", partilhar juntamente com a Magda, M*, The Daily Miacis, Mula, Miss F, Marciano, Alexandra, JP, Drama Queen, Fatia Mor, CM, Nathy, M.J., Just_Smile, Ana Rita Garcia M., Tea, Neurótika Webb, Noqe, Caracol, Morenaasminhasquixotadas e a Kikas. Infelizmente não tenho acompanhado tanto as sugestões como gostava mas a ver se esta semana as coisas entram nos eixos.

 

A adorar // Doces. Eu bem tentei mas tem sido um mês complicado.

 

A odiar // Estar a tornar-me mesquinha.

 

A antecipar // Um seminário que parece ser bastante interessante!

 

A passear // Mano anda a querer melhorar as suas capacidades fotográficas de modo que pega em mim e vamos à descoberta de Lisboa. Desta vez sem cartas mas ainda assim a pé, fomos até ao Panteão Nacional, que é monumental, e aos Terraços do Carmo. Lisboa, vista de cada um deles (ou de qualquer outro lado para dizer a verdade), é uma cidade belíssima.

[Desafiam] 52 semanas - #27 Coisas divertidas para se fazer nas férias

por Carla B., em 21.02.16

Ai, férias... *suspira*

 

Não sei se serão divertidas, mas em férias em gosto de...

 

Ler

 

A todas as horas, em todos os locais, todos os géneros de livros. Não sou esquisita e corro tudo. Ele é romances, ele é clássicos, antologias de contos, calhamaços... Aproveito, e bem, para pôr a leitura em dia e dar descanso ao cérebro.

 

Fazer nada

 

Aproveitar o momento. Estar sentada algures só a ouvir o vento ou ver o que quer que seja seguir com a sua vida. Ver o pôr do sol. Parar.

 

Passear

 

Conhecer novas cidades, novos museus, novos monumentos, novos locais...

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - #15 Livro que custou a ler

por Carla B., em 19.02.16

Não há palavras para descrever o que se sente quando um dos seus ídolos comete suicídio. O vazio, o porquê quando parece que se tem tudo aquilo que se pode desejar. O livro não tenta explicar o porquê, tenta mostrar o que era para um jogador de futebol profissional ter de lidar com a pressão e com a depressão.

 

Imagem retirada do Goodreads.

[Desafiam] Uma paixão chamada livros - #14 Livro clássico favorito

por Carla B., em 18.02.16

Estou a tentar não repetir-me e, porque as primeiras escolhas para este tópico já foram apresentadas aqui, prefiro antes chamar a atenção para...

Parece que finalmente North and South de Elizabeth Gaskell vai ser publicado por cá, e não sou capaz de exprimir como isso me deixa contente. Foram precisas 3 tentativas para o ler mas não me arrependo de o ter abandonado as primeiras duas vezes, não era a altura própria. E quando por fim voltei a pegar nele, não mais o consegui largar. Ou melhor, foi ele que não me largou. As suas personagens, nomeadamente a mãe que parece tão fria e áspera mas com um amor tão grande pelo seu filho, são daquelas que nos acompanham mesmo depois de fechado o livro. As primeiras aparências enganam e é preciso tempo para conhecer uma pessoa, o mesmo pode acontecer com os livros.

 

Imagem retirada do Goodreads.

Pág. 1/3