Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que...

Coisas que...

20
Out15

[Li] Apanhado de opiniões #1

Carla B.

Este ano não tenho tido grande possibilidade (ou mesmo vontade) de escrever sobre o que vou lendo, mas depois fico com um sentimento de culpa enorme porque sinto que não os "digeri" como devia.

 

Eu sei que são manias mas, para colocar o meu espírito mais á-vontade, cá ficam alguns apontamentos. Não serão grande coisa, até porque sobre alguns já se passa mais de meio ano desde que os li, mas é o melhor que se vai conseguindo.

 

Quiet: The Power of Introverts in a World That Can't Stop Talking de Susan Cain

 

Foi o livro com que fechei 2014 e entrei em 2015. Já tinha visto o vídeo e por isso foi sem surpresa que peguei no livro. Este foca ainda mais o que é ser introvertido e, sobretudo, como esse traço é tão importante, possibilitando a criatividade e o pensar fora da caixa.

 

A autora não demoniza a extroversão, pelo contrário mostra como também é importante que haja extrovertidos, mas critica o facto de ser uma característica que é tida em grande conta, quando até extrovertidos poderiam fazer bom uso de um momento em silêncio ou de não serem tão impulsivos. Se até o maior introvertido tem por vezes de sair da sua concha e fazer-se ouvir, o contrário pode ser benéfico para o extrovertido.

 

Como em tudo, é preciso moderação e alguma dessa moderação é obtida com os dois tipos a trabalharem em conjunto.

 

Amor e Poder (Primeiro Homem de Roma, #1) de Colleen McCullough

 

Eu sou uma licenciada em Arqueologia estranha. Estão a ver as grandes civilizações que levam a sonhar com a profissão de arqueólogo? A civilização egípcia? A civilização romana? Pois, eu é mais medieval e moderno. Não é que não admire aquelas culturas, que realmente em termos arquitectónicos e culturais foram fenomenais, mas para além de alguma curiosidade não me sinto fascinada.

 

Ora, por motivos profissionais tenho lidado, no último ano, de perto com o legado romano e achei que estava na altura de me dedicar ao estudo. Mas como sei como é que os livros de história podem ser maçudos (tenho conhecimento de causa)  lá me atirei à ficção histórica que, quando bem feita, é capaz de dar uma boa perspectiva do que seria o dia-a-dia das pessoas comuns e do que certa personagem histórica podia estar a pensar num determinado momento. Sim, é ficção mas é capaz de nos tornar mais simpatéticos para com algumas personagens.

 

Esta série sempre esteve na minha lista de livros a ler e, tendo falecido a escritora, achei que seria uma boa altura para ficar a conhecer a obra que nos deixou.

 

Se o livro peca é por parecer algo repetitivo e a história se desenvolver lentamente, no entanto permite-nos conhecer as personagens principais, Caio Mário e Sula, assim como o ambiente em que se movimentam, cheio de intrigas políticas, e o que os move.

 

Não é de todo uma leitura leve mas não deixou de ser agradável.

18
Out15

[Desafiam] 52 semanas - #22 No meu frigorífico tem de haver...

Carla B.

Água fresca

 

Só consigo beber água fresca, até no inverno quando estou a bater o dente. De outro modo parece que a sede não é saciada. A temperaturas mais amenas prefiro, em termos de bebidas feitas com água, beber chá e café.

 

Iogurte

 

Tenho de dizer desde já que não consigo beber leite. Quanto muito leite com chocolate, mas quando começo a sentir o leite por baixo do sabor a chocolate a coisa fica estragada. No entanto, entendo que deve fazer parte de uma alimentação equilibrada, daí que tome a minha dose de lacticínios na versão iogurte (e manteiga, OMD como eu adoro manteiga!). Fazem parte do meu pequeno almoço, sendo que os como com muesli ou outros cereais que tenha, e do meu lanche. Também podem complementar o meu almoço e mesmo quando não estou virada para comer um, como costuma acontecer aos fins de semana, tem de haver sempre um no frigorífico.

 

Fruta

 

Estou a tentar diminuir o meu consumo (absurdo) de bolachas e a trocá-las por fruta. Não que dê sempre resultado mas sei que se estou em casa e opto por comer as bolachas, a culpa é apenas minha por há escolha melhor no frigorífico.

 

Camarões

 

Ok, é sobretudo no congelador mas tem de haver sempre camarões porque é a primeira coisa em que penso quando quero preparar algo rápido para almoçar ou jantar.

 

Chourição

 

Porque me fartei de comer sandes de fiambre.

02
Out15

[Desafiam] 52 semanas - #21 Os meus piores defeitos

Carla B.

Ser preguiçosa

 

Acho que estou melhor, já vou fazendo mais coisas com vontade, mas mesmo assim há dias em que a preguiça abunda e não tenho força para a contrariar.

 

Ser gulosa

 

Sobretudo por bolachas. Eu bem tento mas se vejo um pacote transformo-me no Monstro das Bolachas e quando dou por mim já o pacote que tinha acabado de encertar foi à vida.

 

Ser tímida

 

O que faz com que não interaja tanto, sobretudo num primeiro contacto e com pessoas que não conheço. Como não gosto de chamar a atenção para a minha pessoa, acabo por me calar em diversas situações e perco algumas oportunidades em que poderia fazer a diferença. Mais uma vez, estou melhor mas ainda há momentos em que me fecho e só quero um buraquinho onde me esconder.

 

Ter pouca paciência

 

Já tive muita paciência para muita coisa, mas ela foi-se com o tempo. Tinha para dar e vender. Agora perco a paciência com alguma frequência, até com coisas pequenas (insignificantes mesmo), e já não tenho mesmo paciência para certas coisas.

 

Ter pouca confiança em mim

 

Sim, para mim é um defeito. Eu já estou farta de mostrar a mim mesma que consigo atingir alguns dos fins (não todos mas já atingi alguns de que me posso orgulhar, nada de especial mas foram os meus feitos) a que me proponho. Ainda assim estou constantemente a duvidar de mim própria. Onde é que se pode arranjar confiança e à-vontade na própria pele?

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D