Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que...

[Desafiam] 52 semanas - #15 O que há de pior no mundo virtual?

por Carla B., em 11.07.15

Trolls

 

Do not feed them. Afastem-se realmente das criaturas e nunca leiam comentários. Ou pelo menos não se deixem ir abaixo nem respondam. Há pessoas para quem a internet é o meio que têm para resolver os problemas, não os levem a peito, podem estar a ultrapassar um mau bocado. Ou são simplesmente estúpidos. O não responder e não levar a peito é útil em ambos os casos.

 

Plágio

 

Nunca me aconteceu, ou pelo menos não me dei conta, que textos ou ideias tenham sido copiadas, mas já aconteceu com pessoas que conheço, e que gosto muito de ler e ouvir, pelo que sei que não há nada pior (tanto on-line como na vida real) que não ser creditada pelo que se faz.

 

Acho que me fico por aqui, que não estou muito inspirada e, felizmente, não tenho tido assim tantos problemas como isso. Penso que se resume à maneira como encaramos e usamos a internet, e como uso-a sobretudo para entretenimento e informação, é geralmente isso que encontro. Mas sei que só vejo a pontinha desse iceberg que é a internet, que há muita perfídia, más intenções e azedume por aí.

[Visitei] Lisboa a pé #1

por Carla B., em 08.07.15

Na Feira do Livro comprei um baralho com 52+2 cartas com percursos para conhecer Lisboa e arredores a pé. Isto porque nos últimos anos o meu irmão e eu temos passado alguns dias a tentar conhecer a cidade mas acabávamos por ir sempre aos mesmos sítios. Dando uma rápida vista de olhos pareceu-me que, em 52 fins-de-semana, haveria muito de Lisboa por descobrir e foi assim que o trouxe. Logo no dia seguinte escolhemos uma carta, a primeira, e lá fomos à descoberta das Muralhas de Lisboa.

 

Infelizmente das muralhas pouco se viu. Algumas estão integradas no traçado urbano e com alguma indicação lá vemos o seu testemunho, outras estão agora de certa forma vedadas, dentro de edifícios que parecem abandonados ou outros recuperados há pouco tempo mas que têm horário de abertura ao público algo específicos. Domingos não são por isso dos melhores dias para fazer estes percursos, convém ver quando é que os edifícios/conventos/museus estarão abertos, porque mesmo eu que trabalho num museu fui surpreendida pelo Museu de Farmácia estar fechado num domingo (apesar de a esplanada estar aberta ) num outro passeio.

 

No entanto, foi interessante andar por Alfama em preparação para o Santo António e conhecer outras vistas sobre esta cidade lindíssima, como a que se tem do Largo das Portas do Sol. Como eu nem sempre sou boa guia, ainda acabámos por subir a rua errada e dar ao Largo da Graça, mas não nos arrependemos.

 

Posso ser seduzida por outras paragens mas realmente não há outra cidade com uma luz tão fantástica e tão cheia de cor como Lisboa.

 

Todas as fotos que se seguem são do mano, que tem muito mais jeito para a coisa, e há mais aqui.

   

 

 

 

 

https://flic.kr/p/tmwk5S

 

 

 

[Pondero] De momento #18

por Carla B., em 05.07.15

A ler // Acabei o livro do Andy Weir, The Martian, e que resultou nesta conversa. Como não sou a pessoa mais fluente ainda vou tentar escrever algo (não que o resultado venha a ser muito melhor).

 

Estava a pensar pegar agora n'O Homem Pintado do Peter V. Brett, pois recentemente ouvi um podcast do Sword and Laser em que ele era entrevistado, mas acho que é melhor deixá-lo para outra ocasião, uma vez que pareço estar com problemas em concentrar-me em grandes linhas narrativas. Vou dedicar-me antes aos contos, continuando a leitura da antologia de 2013 da Tor.

 

A ver // Esta semana deu o último episódio do "Poirot" que, diga-se, era dos que mais tinha curiosidade em ver. Não segui a série como deve ser, tenho cá alguns DVDs por isso tenho de ver se me dedico a eles, mas há sempre aquelas histórias incontornáveis e Cai o Pano parece ser uma delas. Claro que ao ler o livro agora a coisa não terá o mesmo impacto, era um risco que eu conhecia e quis tomar. Não me arrependo. Arrependo-me é de não ter todos os livros da Agatha para me poder atirar a eles. Tenho a certeza que a falta de concentração ficava ultrapassada.

 

A ouvir // Os podcasts esta semana não fizeram tanta companhia, já o rádio... de onde se destaca esta música. Mas estou a precisar de coisas mais etéreas, algo tipo Enya, para ver se consigo descansar a cabeça.

 

 

A adorar // Ter muito que fazer. Estou sempre entretida com alguma coisa.

 

A odiar // Ter muito que fazer. Sobretudo porque sou parva, gosto do que vão propondo e vou tendo ideias para outras coisas, e não sei dizer "não".

 

A querer // Descanso. Férias. Mas ainda vêm tão longe...

[Desafiam] 52 semanas - #14 Os meus sites favoritos na internet

por Carla B., em 04.07.15

Bookriot

 

Na verdade, penso que já foi mais interessante pois agora parece que se indignam com tudo e mais alguma coisa e tentam defender todas as causas. Sim, acho que deve haver mais diversidade na leitura e cada um deve ler o que quer e bem entende mas sinto que a maneira como o fazem começa a ser agressiva.

 

Estante de Livros

 

É, muito provavelmente, o melhor blog português sobre livros e não é só por a Célia ser uma querida. Tem opiniões bem escritas que dão a conhecer o que ela realmente achou do livro, tem gostos diversos (e muito semelhantes aos meus) pelo que é óptimo para encontrar recomendações e tem textos muito interessantes relacionados com livros e leitura.

 

Só Ler Não Basta

 

Ok, é claro que tenho de colocar o projecto mas é só para ter desculpa para nomear os blogs das minhas parceiras de conversas que se desviam do tópico. Falo claro do Papéis e Letras da Diana e do Ler e reflectir da Telma. Por lá também encontram boas sugestões de leituras e textos interessantes.

 

Goodreads

 

Acho que dá para perceber que a internet para mim é, praticamente, só utilizada(*) como fonte de recomendação de livros, pelo que não podia cá faltar a "rede social" para quem gosta de ler.

 

Trakt e Letterboxd

 

Porque, apesar de tudo, a vida não é só leitura. Estes dois sites são muito bons, e utilizo-os maioritariamente, para manter um registo do que vou vendo em termos de séries e filmes, mas penso que também dá para encontrar boas recomendações.

 

(*) Claro que excepto durante o horário de trabalho... quer dizer, também pesquiso sobre livros mas é por outros motivos que não o entretenimento.

Pág. 2/2